Venda de inoculantes deve crescer 10% em 2017, diz Anpii

Estadão Conteúdo

São Paulo, 31/10 – As vendas de inoculantes devem somar de 55 milhões a 60 milhões de doses em 2017, aumento de 10% ante as mais de 50 milhões de doses comercializadas em 2016. A informação foi divulgada em nota pela Associação Nacional dos Produtores e Importadores de Inoculantes (Anpii).

De acordo com a entidade, os dados serão confirmados em seu próximo balanço, no segundo semestre de 2018. Inoculantes são insumos líquidos ou sólidos, à base de micro-organismos, que aplicados sobre as sementes ou no sulco do plantio ajudam a planta a captar o nitrogênio do ar e assimilá-lo. Sozinha, a planta não é capaz de aproveitá-lo.

Produtores de soja foram os que mais adquiriram inoculantes em 2016, diz a Anpii. Foram 35 milhões doses de inoculante líquido e 11 milhões de inoculante turfoso (sólido) destinadas à cultura. As vendas para gramíneas também se destacaram no ano passado: 4,5 milhões de doses foram comercializadas, 78% acima do volume negociado cinco anos antes, informou a entidade.

A Anpii reúne 11 empresas: Agrocete, Bioagro, Basf, Bayer, Grupo Bio Soja, Laboratório Farroupilha, Microquimica, Novozymes, Rizobacter, Stoller e Total Biotecnologia.

FONTE: ISTOÉ

Compartilhar em: