Bactérias fixadoras de nitrogênio em laboratório da Embrapa Soja

De acordo com estimativas da Associação Nacional dos Produtores e Importadores de Inoculantes (ANPII) na safra 2020/21 foram comercializadas mais de 90 milhões de doses de inoculantes, sendo aproximadamente 80 milhões de doses usadas na cultura da soja. Para ampliar a discussão sobre o uso de microrganismos benéficos na agricultura brasileira será realizada nos dias 16 e 17 de maio, no hotel Raffain, em Foz de Iguaçu (PR), a 20ª edição da RELARE (Reunião da Rede de Laboratórios para Recomendação, Padronização e Difusão de Tecnologias de Inoculantes Microbianos de Interesse Agrícola), em parceria com o Congresso Brasileiro de Soja (CBSoja) e o Mercosoja 2022, que serão realizados de 16 a 19 de maio, no mesmo local. As incrições on-line para os eventos estão encerradas, mas poderão ser realizadas na secretaria do evento.

Durante a RELARE, serão promovidos painéis sobre o desempenho de novos ativos e insumos biológicos para melhoria da sustentabilidade dos sistemas agrícolas. Também serão debatidas as metodologias para controle de qualidade e avaliação de inoculantes, além de haver apresentação sobre a legislação relativa aos insumos biológicos. Outro tema em destaque será a difusão e a transferência de tecnologia, assim como debate sobre mercado de inoculantes microbiológicos de interesse agrícola. “O objetivo da RELARE é apresentar resultados, trocar experiências sobre desafios, tendências e o que há de mais atual sobre a tecnologia de inoculantes microbiológicos de interesse agrícola”, explica o presidente da RELARE, Fabio Bueno dos Reis Junior. pesquisador da Embrapa Cerrados.

A RELARE deverá reunir aproximadamente 300 participantes, entre pesquisadores, professores, técnicos, produtores rurais e representantes das indústrias nacionais de bioinsumos, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e outras entidades do poder público.

Sobre a RELARE – Criada na década de 1980, a RELARE tem o intuito de auxiliar a transferência dos resultados da pesquisa para a indústria; ajudar na normatização de regras para a certificação de produtos biológicos de qualidade; estimular o mercado nacional promovendo o uso de novos produtos; e apoiar a difusão de novas tecnologias associadas ao uso de microrganismos promotores de crescimento de plantas no Brasil.

Programação completa
16/05/2022 – Segunda-feira

Horário Atividade
8:00 – 8:30 Abertura
Sessão 1 Desempenho de novos ativos e insumos biológicos para melhoria da
eficiência, produtividade e sustentabilidade dos sistemas agrícolas
8:30 – 10:00 Isolados de guaranazeiro e seu potencial para a solubilização de
P.
Palestrante: Maria Carolina Quecine Verdi (ESALQ/USP)
Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia – Microrganismos

Promotores do Crescimento de Plantas Visando à Sustentabilidade
Agrícola e à Responsabilidade Ambiental. Avanços e perspectivas
de novos ativos biológicos.

Palestrante: Dra. Mariangela Hungria (Embrapa Soja)
Novas estirpes de Bradyrhizobium resistentes ao encharcamento
para a cultura da soja.
Palestrante: Dra. Maria Laura (Embrapa Clima Temperado)
10:00 – 10:30 Sessão 2 Trabalhos Finalísticos
10:30 – 11:00 INTERVALO
Sessão 2 Metodologias para controle de qualidade e avaliação de inoculantes
11:00 – 12:20 Sequenciamento e qPCR como metodologia para contagem,
identificação de cepas e avaliação da pureza de inoculantes
Palestrante: Eduardo Balsanelli (GoGenetic Biologia molecular)
Contador Automático de Colônias e Software de Contagem.
Palestrante: Ricardo Conde Camillo da Silva (Instituto Federal de
São Paulo)
Ensaios interlaboratoriais de inoculantes: busca pela
padronização e qualidade.
Palestrante: Marco Antonio Nogueira (Embrapa Soja)
Implementação de ISO 17025 em análises de inoculantes:
Experiência da Embrapa Soja.
Palestrante: Eduara Ferreira (Embrapa Soja).
12:30 – 14:00 ALMOÇO
Sessão 3  Atualizações na legislação voltada para os insumos biológicos
14:00 – 15:30 Garantia da validade dos resultados de análise laboratorial dos
produtos inoculantes de uso agrícola no processo de fiscalização
do MAPA.
Palestrante: Mirian Borges (MAPA)
Novos direcionamentos para as instruções normativas envolvendo
inoculantes.
Palestrante: Henrique Bley (MAPA)
Protocolo oficial para produção de inoculantes de fungos
micorrízicos.
Palestrante: Orivaldo Saggin Junior (Embrapa Agrobiologia)
15:30 – 16:00 INTERVALO
Sessão 4 Difusão, transferência de tecnologia, parcerias, negócios e mercado de
Inoculantes microbiológicos de interesse agrícola
16:00 – 17:30 Atualizações sobre o mercado de inoculantes no Brasil.
Palestrante: José Roberto Pereira de Castro (ANPII)
Estratégias para difusão/transferência de tecnologias de
inoculação
Palestrante: André Prando (Embrapa Soja)
Novos modelos de transferência de tecnologias da pesquisa para
a indústria.
Palestrante:  Solon C. Araujo (SCA Consultoria).
17:30 – 18:00 Sessão 6 Trabalhos Finalísticos

17/05/2022 – terça-feira

As sessões sobre Produção e uso de insumos biológicos na sojicultura serão realizadas conjuntamente com o “IX Congresso Brasileiro de Soja” em associação com o “Mercosoja 2022”.

Horário Atividade
19:00 – 20:00 Assembleia; Eleição da Nova Diretoria
20:00 – 20:15 Cerimônia de Encerramento da RELARE

 

Lebna Landgraf (MTb 2903/PR)
Embrapa Soja