solonSem dúvida nenhuma a inoculação já é uma prática adotada pela esmagadora maioria dos plantadores de soja no Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai e Bolívia. Devido aos excelentes resultados no aumento da produtividade e nos benefícios para o ambiente, o uso de inoculantes se consagra cada vez mais como uma das tecnologias de melhor custo/benefício para o agricultor.

Embora ainda não tenhamos a estatística da venda de inoculantes no ano passado, podemos dizer seguramente que houve um aumento substancial no uso de inoculantes na Brasil. Temos certeza que esta curva ascendente no uso do nitrogênio via biológica continuará em sua trajetória, inclusive porque a qualidade dos inoculantes brasileiros também vem sendo incrementada, trazendo mais benefícios para o agricultor.

Vários eventos técnico-científicos relacionados com a fixação do nitrogênio serão realizados no corrente ano, todos com a participação ativa da ANPII, como patrocinador e ministrando palestras e apresentações.

De 11 a 14 de junho haverá o VII Congresso Brasileiro de Soja, em Goiânia. A ANPII estará presente com um stand e fará uma apresentação de resultados da pesquisa de uso de inoculantes no Brasil, uma radiografia de como o Brasil utiliza o inoculante, em que regiões o produto tem mais aceitação, quais os tipos mais utilizados e muitas outras informações que balizarão o marketing das empresas associadas à ANPII. Em um painel durante o congresso, o Presidente da ANPII apresentará os resultados aos participantes.

De 26 de agosto a primeiro de setembro, serão realizados, concomitantemente, três importantes eventos para esta área do conhecimento: o XVI Simpósio sobre Fixação Biológica de Nitrogênio com Não-Leguminosas, o IV Workshop Latino-Americano de PGPR e a XIX RELARE, nos dias 30 e 31 de agosto de 2018. Todos os eventos serão realizados em Foz do Iguaçu, de forma que os participantes possam assistir aos temas de maior interesse.

Como vem acontecendo há alguns anos, a RELARE será patrocinada pela ANPII, que também contribuirá financeiramente com os demais eventos, dentro do espírito da Associação de colaborar estreitamente com a pesquisa.

O Simpósio Sobre Fixação do N com Não Leguminosas é um evento de cunho internacional, sendo realizado de dois em dois anos em diversos países. A edição de 2016 foi realizada em Budapeste e a ANPII esteve presente, apresentando uma palestra sobre o uso de Azospirillum na agricultura brasileira.

Já o Workshop Latino Americano sobre PGPR (bactérias promotoras de crescimento de plantas), é um evento que vem sendo realizado a cada dois anos em países latino americanos, sendo desta vez realizado no Brasil. O evento procura abrir novos caminhos para a promissora tecnologia do uso de microrganismos para aumentar a produtividade dentro de um conceito de sustentabilidade da prática agrícola, com conservação e melhoria das qualidades do solo ao longo dos anos. Serão apresentados resultados de pesquisa de diversos países, mostrando que as tecnologias baseadas em microrganismos indicam cada vez com mais consistência que esta é a linha do futuro da agricultura.

A RELARE, por sua vez, com reuniões ininterruptas desde 1985, quando foi fundada por seu idealizador, Prof. João Ruy Jardim Freire, é uma discussão ampla e abrangente de toda a política relacionada com os inoculantes. Congregando os pesquisadores, diretores e técnicos das empresas produtoras de inoculantes e o setor responsável por esta área do MAPA, em exemplo de interação dos três setores, são traçadas as linhas gerais da pesquisa, produção e fiscalização dos inoculantes. A RELARE tem sido um dos marcos para o sucesso do uso dos inoculantes no Brasil, o país que mais utiliza a FBN na agricultura.

Com todos estes eventos sendo realizados aqui no Brasil, abre-se um oportunidade para que pesquisadores, consultores e agricultores possam participar mais facilmente, ampliando o nível de conhecimento nesta área fundamental para a agricultura.